top of page
  • Grasiela Lima

5 cuidados que sua empresa precisa ter com licenciamentos de softwares

Compreenda a importância de manter as licenças dos softwares em dia e descubra dicas de organização e até de alternativas para automatizar e otimizar todo o processo.

É como diz aquele ditado: todo cuidado é pouco. Pois é, isso vale também para a área de TI da sua empresa. Estar por dentro da realidade da empresa é fundamental, principalmente no que se refere aos equipamentos, aos softwares instalados e às licenças.

Neste texto, você ficará por dentro de cinco dicas essenciais relacionadas ao licenciamento de uso dos softwares, desde como fazer o monitoramento até alternativas para automatizar e otimizar o processo. Confira abaixo:


1. INVENTÁRIO

Ser gestor de uma empresa é conhecer o ambiente de trabalho e os equipamentos que fazem parte dele. Qual é a realidade da sua empresa? Quantas máquinas há nela? Quantas estão em uso? Quais estão funcionando bem e regularizadas? Esses são questionamentos fundamentais, que estão diretamente relacionados com as licenças dos softwares.

É prudente saber da importância de se ter um inventário, pois é nele que constará informações essenciais que irão responder as perguntas do parágrafo anterior, principalmente para tomar providências no que se refere à aquisição de licenças originais e na regularização de softwares irregulares, por exemplo. Além disso, será possível fazer um acompanhamento em tempo real do inventário, o que ajuda na hora de comprar as licenças e novos softwares.


2. RESPONSABILIDADE

Para tal controle é necessário designar alguém ou uma equipe para a responsabilidade de monitorar os softwares, principalmente no que se refere às licenças, além das possíveis falhas, visto que podem acabar trazendo prejuízos à empresa.

Cabe ao gestor da área de TI acompanhar diariamente as demandas, garantindo que a empresa esteja com as licenças e documentações atualizadas, checando constantemente o inventário. Assim, poderá deixar a equipe por dentro de tudo e evitará que a empresa seja multada por qualquer irregularidade.


3. TERCERIZAÇÃO DAS LICENÇAS

Se caso for complicado demais ou não tiver pessoas suficientes em sua equipe para a gerência das licenças, há a possibilidade de terceirizar este serviço.

A empresa responsável a ser contratada poderá cuidar de todo o processo de atualização das licenças dos softwares, escolhendo o modelo ideal e orientando a equipe de TI, além de trabalhar a favor do setor em questão, podendo ajudar em mais coisas.


4. DOCUMENTAÇÃO EM DIA

Outra dica importante é ter a documentação dos softwares em dia. Em outras palavras, verificar o tempo de validade de cada tipo de licença adquirida, procurando sempre manter os documentos de TI atualizados.

Esse cuidado é essencial, pois a falta de atenção pode levar a multas por conta de possíveis irregularidades. Além disso, em caso de fiscalização ou notificação, a comprovação será feita de forma fácil e rápida.


5. NUVEM

Por fim, uma dica que pode ser bastante útil é utilizar os recursos da nuvem. Com a capacidade de realizar as atualizações dos softwares e renovação das licenças de forma automática, a nuvem oferece controle para esse tipo de processo, deixando o setor de TI menos sobrecarregado.


A Benoup é especialista na jornada para nuvem e pode auxiliar seu negócio a automatizar a regularização de licenças. Entre em contato e conheça todas as vantagens.

22 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page